Mário Pinheiro: “Temos capacidade para 1,5 milhões de garrafas de vinho”

A empresa que dirige só começou a produzir vinho em 2012, mas já exporta quase 500 mil garrafas para alguns dos mercados mais exigentes, como a Austrália. Mário Pinheiro apostou em mudar de vida há uma década e apostar nos vinhos brancos, uma paixão que já se vai misturando com as cores do tinto.   ler mais →

Miguel Castelo Branco: “Antes de Alqueva o acesso à água era caro e incerto”

À frente da Herdade Paço do Conde, em Baleizão, Miguel Castelo Branco dá continuidade a uma empresa familiar iniciada pelos avós, que fez a transição da agricultura tradicional de sequeiro para o olival, a vinha e os frutos secos, a mais recente aventura. Já exporta mais de metade do que produz. Como se conta a ler mais →

Javier Parladé: “Viemos para Portugal porque na Espanha já não era possível novo regadio”

As condições geradas por Alqueva convenceram o engenheiro agrónomo espanhol Javier Parladé a investir em olival. No Alentejo desde 2005, o Grupo Rabala, por si administrado, dedica-se à produção de azeite a granel que vende dentro e fora de portas. Parladé acredita no futuro do setor. O que é este grupo e o que está ler mais →

Miguel Albuquerque : “Duplicámos a venda de sementes”

Miguel Albuquerque, responsável da Agrovete, revela que a empresa que lidera a venda de sementes de cereais em Portugal duplicou as vendas, nos últimos três anos, para as 4.500 toneladas.

Joaquim Banza: “Estamos a aumentar a área de colza porque o preço é melhor”

Empresário agrícola alentejano da exploração Agro Vale Longo, Joaquim Banza produz milho e oleaginosas, em especial, colza. Devido à quebra de preços dos cerais tem vindo a aumentar a área de plantação de colza. A empresa tem seguido uma política de segmentação, apostando em milho para pipocas e para alimentação infantil.

Teresa Abecasis: “Sovena está a contribuir para o aumento da produção de girassol e de colza”

A diretora de operações da Sovena diz que o contributo da empresa para a produção nacional de girassol e de colza é muito relevante. Segundo Teresa Abecassis, a produção de colza passou de quase zero para cerca de 10 mil toneladas e a de girassol para 25 mil toneladas.

José Palha: “Agricultores devem valorizar os produtos pela qualidade”

O presidente da Associação Nacional dos Produtores de Oleaginosas, Cereais e Protaginosas (ANPOC), José Palha, recomenda às organizações associadas que valorizem os seus produtos por via da qualidade e que invistam também no girassol e na colza por oferecerem rentabilidades interessantes.

Sovena fatura 1,4 mil milhões

Na entrevista à diretora de operações e commodities da Sovena, Teresa Abecasis, publicada na rubrica “Economia Ibérica” do passado dia 15, é afirmado que aquela empresa do grupo Nutrinveste faturou 1,4 milhões de euros em 2016. A informação correta, naturalmente, é 1,4 mil milhões de euros. Aos leitores apresentamos o nosso pedido de desculpas pelo ler mais →

José Palha: “O girassol é uma cultura rentável e tem potencial para crescer”

Produtor de cereais e oleaginosas, José Palha lidera a Associação Nacional de Produtores de Cereais, Oleaginosas e Protaginosas. Devido à quebra de preços nos cereais, muitos agricultores deste setor passaram a investir no girassol, que garante melhores rentabilidades. O que produz e em que quantidades? Temos uma exploração agrícola familiar divida em tres núcleos: um ler mais →

Teresa Abecassis: “Sovena investe em plantações de colza e de girassol”

Diretora de operações da Sovena, Teresa Abecassis está encarregada da área das oleaginosas, aquela que movimenta mais volume no grupo. Apesar da baixa de preços no mercado mundial, a empresa está apostada na expansão internacional e explora mercados na América do Sul e na Ásia. Como retrata a área de negócio das oleaginosas e o ler mais →